Por Ralph Martin – 9 de junho de 2020

O texto a seguir é uma transcrição de uma palestra que compartilhei hoje no canal de YouTube do Renewal Ministries. Nós, do Renewal Ministries, estamos usando todos os meios disponíveis para compartilhar essa palavra devido à sua importância e relevância, bem como à necessidade de todos nós refletirmos sobre como Deus quer que vivamos essa mensagem em nossas próprias vidas.

A primeira grande conferência carismática católica internacional aconteceu em Roma, em 1975; quando dez mil pessoas se reuniram na Basílica de São Pedro para a missa de encerramento, várias profecias muito fortes se fizeram ouvir; elas mencionavam um tempo em que as estruturas existentes até então… não existiriam mais, e que o Senhor usaria esse tempo para nos levar a uma união mais profunda com Ele.

Um ano depois, Frei Michael Scanlan foi usado para entregar outra profecia, que você pode ler na íntegra no final desta postagem. Eu redescobri esta profecia dada por Frei Scanlan (de 1976) recentemente, enquanto pesquisava para um novo livro, e, quando a li… Fiquei quase sem fôlego! É significativa e surpreendentemente ressonante diante do que temos experimentado neste lockdown, não sendo possível ir à igrejas, vendo dificuldades econômicas e agitação social. Há coisas acontecendo hoje que não estavam acontecendo há quarenta e quatro anos atrás e que são uma realização parcial, pelo menos, dessa profecia. Isso pode ser um pouco assustador, mas… Não se assuste. Isso nos levará a um maior amor e a uma tremenda esperança.

Há sabedoria aqui para nós. Há instruções aqui que são muito relevantes. Abaixo, vou percorrer cada sentença da profecia e examinar seu significado à luz dos eventos que acontecem hoje. O texto em negrito vem da própria profecia.

“Filho do homem, você vê aquela cidade falindo? Você está disposto a ver todas as suas cidades falindo? Você está disposto a ver a falência de todo o sistema econômico no qual confia agora, para que todo o dinheiro seja inútil e não possa apoiá-lo? ”

Quando o coronavírus realmente chegou e o mercado se abalou, e as ações caíram, e dezenas de milhões de pessoas nos EUA e em todo o mundo perderam o emprego, tiveram o salário reduzido ou foram demitidas, era realmente um momento de “revisão”. Em quem estamos confiando? Onde está a nossa confiança?

Fiz alguns vídeos em nosso canal no YouTube falando sobre a ansiedade que temos de nosso bem-estar econômico (aqui e aqui); a ansiedade e o medo que também temos sobre nossa saúde (aqui e aqui) buscando “centralizar-nos” nas promessas do Senhor. Jesus diz: “Onde está o seu tesouro, aí estará o seu coração” (Mt 6, 21), e eu dei algumas citações da sabedoria prática de São Francisco de Sales sobre como ver onde está o nosso coração e como lidar com a nossa ansiedade e medo em relação ao dinheiro, assim como  das tremendas e maravilhosas promessas de Jesus de ser nossa provisão, se procurarmos primeiro o seu reino.

“Filho do homem, você vê o crime e a ilegalidade nas ruas da sua cidade, nas diversas regiões e instituições?”

Ontem à noite no noticiário, eu estava assistindo tumultos em uma cidade específica do nosso país. Aqui está a chave: o mundo será abalado. A igreja será abalada. Tudo o que puder ser abalado… Será abalado, diz o Livro de Hebreus. Mas a profecia continua,

“Você está disposto a ver nenhuma lei, ordem ou proteção para você, exceto a que Eu mesmo lhe darei?”

O Senhor quer que nos acheguemos a Ele com total abandono, com a total confiança de que, se buscarmos primeiro o reino de Deus e sua santidade, todas essas outras coisas também serão providenciadas. Não apenas a comida, a bebida, o abrigo e as roupas de que precisamos para preservar a vida neste mundo, mas a proteção de que precisamos em meio ao caos e à quebra da lei e da ordem.

“Filho do homem, você vê o país que você ama e que agora você celebra (a história de um país em que você olha com saudade)?”

Era o bicentenário dos EUA, o 200º aniversário da fundação de nosso país, quando Frei Michael Scanlan estava proferindo essa profecia.

“Você está disposto a ficar sem nenhum país (nenhum país para chamar de seu!) exceto aqueles que eu te dou como meu corpo?”

Muitos de nós estão realmente preocupados com o que está acontecendo em nosso país. Estou falando dos EUA, mas também do Canadá e de muitos outros países ao redor do mundo, incluindo a Europa Ocidental. Há um secularismo agressivo que quer acabar com os valores judaico-cristãos, hostil a Cristo e à Igreja, que quer nos punir, que quer nos levar presos, que quer nos remover das redes sociais se dissermos coisas que são desagradáveis ​​para a elite social, que quer impor um controle sobre o mundo e uma censura para que a Palavra de Deus seja pregada; mas precisamos pregar, quer conveniente quer inconvenientemente. Precisamos da coragem do Senhor. Precisamos da fortaleza do Senhor. Precisamos que o Espírito Santo nos dê coragem e fortaleza, e precisamos estar em reto relacionamento com Ele agora.

Tudo isso está na Bíblia! Jesus disse que não temos morada aqui embaixo; não temos cidade duradoura aqui. Os apóstolos disseram isso. Jesus disse: “O meu reino não é deste mundo” (Jo 18, 36). Nossa cidade é a Nova Jerusalém que já está sendo formada no corpo de Cristo e que descerá no último dia. Precisamos saber que nossa lealdade primária, nossa família primária, são nossos irmãos em Cristo. Isso é realmente importante.

“Você vai me deixar trazer sua vida em meu corpo e só Nele?”

Precisamos olhar para o corpo de Cristo na Eucaristia, mas também precisamos olhar para o corpo de Cristo uns nos outros e em nós mesmos. Enquanto estávamos fazendo missas online, meu pároco na Cristo Rei, em Ann Arbor, explicou muitas vezes que o Vaticano II fala sobre quatro maneiras pelas quais Cristo está presente no seu povo:

  1. De uma maneira muito especial na Eucaristia.
  2. Na pessoa do Sacerdote.
  3. Na Palavra de Deus.
  4. Em nossos corpos – que são o corpo de Cristo.

1 Coríntios 6 diz que somos um só corpo, um só espírito em Jesus. Somos membros uns dos outros. Quando Paulo se converteu no caminho de Damasco, a voz que falava do céu dizia: “Saulo, Saulo, por que me persegues?” Saulo estava perseguindo os cristãos. Saulo estava perseguindo o corpo de Cristo. Jesus se identifica conosco, e o Pai, o Filho e Espírito Santo habitam em nós. Precisamos valorizar isso, e, se por algum tempo formos afastados da Eucaristia novamente, e se formos afastados das igrejas novamente – as igrejas físicas – precisamos lembrar que Ele está conosco e Ele está conosco de uma maneira muito forte em sua Palavra, uns nos outros e a Trindade habita em nossas almas.

“Filho do homem, você consegue ver aquelas igrejas às quais podia ir, tão facilmente, agora? Você está pronto para vê-las com grades nas portas, com as portas fechadas? Você está pronto para basear sua vida apenas em mim ao invés de nas estruturas em particular?

Nós amamos nossas igrejas. Nós amamos os edifícios. Alguns de nós, por muitas gerações, tivemos membros da família indo a igrejas específicas. Mas em todos os países desenvolvidos, as igrejas estão fechando. Graças a Deus pelas igrejas e pelas escolas que ainda estão abertas, mas muitas pessoas agora não podem se dar ao luxo de frequentar escolas católicas. Precisamos estar preparados para um momento em que não teremos tantas escolas quanto temos agora e teremos muito menos do que costumávamos ter. E precisamos estar preparados para um momento em que não teremos tantos edifícios de igreja quanto temos e teremos muito menos do que costumávamos ter. Precisamos estar prontos para esse tempo, que está chegando. Seja por desastre ou não, está apenas acontecende de acordo com o que está havendo no mundo e o que está acontecendo na Igreja. Está chegando. Precisamos centralizar nossas vidas no próprio Senhor, que está conosco todos os dias, e não ser tão dependentes de um edifício. Seja grato enquanto os edifícios ainda estiverem aí. Ficamos muito gratos quando ainda podemos ir à Eucaristia, que é muito especial. Mas não devemos esquecer que o corpo de Cristo não se limita ao sacramento. O corpo de Cristo também é formado e presente nos nossos irmãos e irmãs no Senhor.

“Você está pronto para depender apenas de mim e não de todas as instituições das escolas e paróquias que você está trabalhando tão duro para promover? Filho do homem, eu lhe chamo para você estar pronto para isso.”

Estamos nos dando a oportunidade de nos prepararmos para isso. Talvez tenhamos recebido um pequeno aviso aqui no recente fechamento das igrejas e na abertura econômica, mesmo que por pouco tempo – uma pequena flecha disparada em nosso alvo, por assim dizer. As estruturas do mundo não são estáveis.

“É disso que estou falando. As estruturas estão caindo e mudando – não cabe a você conhecer os detalhes agora – mas não confie nelas como antes. Quero que você se comprometa mais profundamente.”

Precisamos encontrar nossos companheiros cristãos em nossos bairros. Precisamos encontrar nossos irmãos cristãos em nossos ambientes de trabalho. Precisamos começar a nos relacionar como irmãos e irmãs em Cristo. Precisamos ter pequenas igrejas domésticas como a Igreja Católica tinha no começo. Tudo o que a Igreja Católica teve nos primeiros trezentos anos foram essas igrejas – irmãos e irmãs reunidos em pequenos grupos nas casas (era assim que a Igreja era até que a perseguição cessou). Temos que começar a construir essas igrejas domésticas novamente. Temos que começar a construir essas relações de vizinhança. Temos que começar a saber quem são nossos irmãos e irmãs em Jesus, para nos prepararmos para um momento em que não possamos nos reunir de outra maneira.

“Quero que vocês confiem um no outro, construam uma interdependência baseada no meu Espírito. É uma interdependência que não é luxo. É uma necessidade absoluta para aqueles que basearão suas vidas em mim e não nas estruturas de um mundo pagão.”

Esta não é uma opção, se vamos sobreviver ao ataque de secularização que está tentando fechar as portas a Cristo em nossa cultura, que está contra a Igreja, que está contra os cristãos, que está contra a Palavra de Deus. Não é um luxo estar em relacionamento com irmãos e irmãs em Cristo. Como Jesus disse aqui… É uma necessidade!

“Eu falei e isso acontecerá. Minha palavra será divulgada ao meu povo. Eles podem ouvir ou não ouvir – e eu responderei de acordo – mas esta é a minha palavra.”

É o que Jesus diz nas Escrituras: “o céus e a terra passarão, mas a minha Palavra não passará até que tudo se cumpra” (Mt 5, 18).

“Olhe para você, filho do homem. Quando você ver tudo sendo desligado, quando ver ser tirado tudo o que foi dado como certo e quando estiver preparado para viver sem essas coisas, você saberá o que estou preparando.”

Acabamos de ver tudo desligado. É quase como se o Senhor estivesse dizendo: “Você receberá um sinal”. Esse sinal não aconteceu por quarenta e quatro anos, mas acaba de acontecer.

Quando você se apronta, quando responde ao aviso, colocando Jesus em primeiro lugar em sua vida, buscando seus irmãos e irmãs em Cristo e começando a se relacionar de verdade, a profecia diz: “então você saberá o que estou preparando. “

Tudo o que se fala aqui é por causa do amor de Deus. O que é preciso para despertar as almas? O que é preciso para nos livrar de nossa complacência, nossa mornidão, nossa indiferença às coisas de Deus e nosso mundanismo, e centralizar nossas vidas em Jesus? O que é preciso para nos relacionarmos uns com os outros e nos deixar dispostos a ser suas testemunhas em um ambiente hostil? O que será preciso?

O Senhor fará o que Ele precisa para despertar o maior número possível de nós. Alguns prestam atenção, outros ouvem, alguns despertam, outros se preparam – e outros não. Haverá resultados muito diferentes, dependendo de como respondermos à palavra de Deus ou não. Não apenas nesta profecia, mas nas Escrituras. Essa profecia está trazendo ao presente um aviso que está bem ali nas Escrituras o tempo todo. Jesus diz que, quando o Mestre vier, não durmamos (Mc 13, 35-36). “Nem todo aquele que diz ‘Senhor, Senhor’ entrará no reino de Deus. Serão apenas aqueles que fazem a vontade de Deus (Mt 7, 21).

A porta se fechará em um determinado momento. A porta da graça e da misericórdia será fechada quando o Senhor voltar, e aqueles que responderam à graça e misericórdia serão bem-vindos ao reino do Pai. Aqueles que não prestaram atenção aos avisos proféticos, não prestaram atenção aos sinais proféticos, serão deixados de fora, onde haverá luto, choro e ranger de dentes. A porta está se fechando. Prepare-se!

Creio que o Senhor nos mostra misericórdia nesta profecia do Frei Michael Scanlan. Eu acho que é uma profecia que está começando a se cumprir em nossos dias. Precisamos levar a sério. Precisamos viver sem medo, viver sem ansiedade, viver na gloriosa liberdade dos filhos e filhas de Deus, que sabem que o Pai os ama e que sabem que o Pai tem um cuidado providencial por eles e nunca deixará nada acontecer sem que Ele não tenha um meio de tirar proveito e que Ele não nos possa proteger através disso.

Então, irmãos e irmãs, estou animado com esta palavra. Eu acho que é uma palavra para hoje, uma palavra para nós agora. Não é nada diferente do que Jesus e os apóstolos têm dito há dois mil anos. É hora de acordar. Está na hora de nos encontrarmos. É hora de não depender de coisas externas, mas de depender do próprio Senhor.

Senhor, obrigado pelo dom de profecia tão vivo e trabalhando na Igreja hoje. Obrigado pelo Frei Michael Scanlan. Obrigado por nos permitir conversar sobre essas coisas juntos, e incentivarmo-nos e edificarmo-nos uns aos outros.

Profecia do Frei Michael Scanlan de 1976

Filho do homem, você vê aquela cidade falindo? Você está disposto a ver todas as suas cidades falindo? Você está disposto a ver a falência de todo o sistema econômico no qual confia agora, para que todo o dinheiro seja inútil e não possa apoiá-lo?

Filho do homem, você vê o crime e a ilegalidade nas ruas da sua cidade, nas diversas regiões e instituições?

Você está disposto a ver nenhuma lei, ordem ou proteção para você, exceto a que Eu mesmo lhe darei?

Filho do homem, você vê o país que você ama e que agora você celebra (a história de um país em que você olha com saudade)? Você está disposto a ficar sem nenhum país (nenhum país para chamar de seu!) exceto aqueles que eu te dou como meu corpo? Você vai me deixar trazer sua vida em meu corpo e só Nele?

Filho do homem, você consegue ver aquelas igrejas às quais podia ir, tão facilmente, agora? Você está pronto para vê-las com grades nas portas, com as portas fechadas? Você está pronto para basear sua vida apenas em mim ao invés de nas estruturas em particular? Você está pronto para depender apenas de mim e não de todas as instituições das escolas e paróquias que você está trabalhando tão duro para promover? Filho do homem, eu lhe chamo para você estar pronto para isso.

É disso que estou falando. As estruturas estão caindo e mudando – não cabe a você conhecer os detalhes agora – mas não confie nelas como antes. Quero que você se comprometa mais profundamente.

Quero que vocês confiem um no outro, construam uma interdependência baseada no meu Espírito. É uma interdependência que não é luxo. É uma necessidade absoluta para aqueles que basearão suas vidas em mim e não nas estruturas de um mundo pagão.

Eu falei, e isso acontecerá! Minha palavra será divulgada ao meu povo. Eles podem ouvir e podem não – e eu responderei de acordo -, mas esta é a minha palavra.

Olhe para você, filho do homem. Quando você ver tudo sendo desligado, quando ver ser tirado tudo o que foi dado como certo e quando estiver preparado para viver sem essas coisas, você saberá o que estou preparando.

 

Follow by Email
Facebook
Instagram